Conheça um pouco da História da Nathalie, Mãe e Empreendedora, faz os melhores doces da Região

Sou Nathalie, tenho 31 anos e comecei a produzir doces para venda na verdade aos 18, algumas trufas enquanto fazia produção de moda e vendia para o Mundo Verde próximo a minha casa, na Praça Cruz Vermelha, no Rio de Janeiro. Mas quando me mudei para Macaé em 2009, mudei meus planos profissionais. 
Em 2014, após meu caçula nascer e influenciada pela Maria Brigadeiro, primeira brigadeiria do Brasil, decidi testar receitas novas e com um mês de nascido, Luigi e Valentina dividiam atenção com a BRIGADEIRINHA, o primeiro nome da minha confeitaria e ouso dizer que fui a primera a trazer tantos sabores variados de brigadeiros e a popularizar o chocolate belga Callebaut nas produções de doces aqui em Macaé. 
Em julho do mesmo ano me matriculei na Escola Superior de Gastronomia da Universidade Cândido Mendes em busca de aprimorar técnicas e ganhar conhecimento. Com muito custo financeiro (além da mensalidade, envolvia ir para outra cidade) e emocional (eu estava amamentando o bebê e ele não dormia sentindo minha falta) me formei como Técnica de Confeitaria Internacional.
Em agosto, Brigadeirinha muda o nome para Paes Leme Pâtisserie pois como não estávamos produzindo somente brigadeiros, era o ideal mostrar para o que vim.
Tive altos altos e baixos, houve a crise de 2016 que me arrasou e voltei a trabalhar fora para segurar as pontas, fiquei dividindo de 2016 a início do ano a confeitaria com o trabalho da CTPS 
Embora minha formação seja a Confeitaria clássica, busco mesclar com a nossa cozinha e com as minhas idéias.

Deixe um Comentário